Belém do Piauí vai receber R$ 5 milhões; ‘Nós vamos calçar todas as ruas’, diz prefeito

Postada em 06/07/2018

Belém do Piauí está entre os municípios brasileiros aptos a receberem recursos do Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana, que foi lançado no Piauí na última terça-feira (3), em Teresina.

A solenidade aconteceu no auditório da APPM e contou com as presenças do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, do presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, do senador Ciro Nogueira, do governador Wellington Dias, além de deputados e prefeitos, dentre estes, Ademar Carvalho, de Belém do Piauí, e o secretário de Administração, Sherlyn Oliveira.

Para o Piauí, o ministro anunciou a liberação de mais de R$ 750 milhões em investimentos por meio do Programa Avançar Cidades. Só para mobilidade e pavimentação, estarão sendo disponibilizados R$ 434 milhões, beneficiando a 71 municípios.

De acordo com os critérios do Programa, para municípios do porte de Belém, com uma população inferior a 20 mil habitantes, a proposta máxima era de R$ 5 milhões. Belém do Piauí teve a proposta aprovada para o valor máximo, resultado da organização administrativa do município.

O montante de recurso, de acordo com o prefeito Ademar Carvalho, será aplicado em obras de melhoria da infraestrutura urbana. Segundo o gestor, hoje, a cidade de Belém do Piauí tem cerca de 80% da zona urbana pavimentada. “Nós vamos realizar um sonho, que é calçar todas as ruas e deixar a nossa cidade toda urbanizada.”, disse o gestor.

Belém é considerada uma das cidades mais bonitas do interior do Piauí. Ademar frisou que o poder público tem incentivado o crescimento da cidade, levando infraestrutura para áreas de potencial, valorizando os imóveis e possibilitando a construção de novas casas em áreas mais afastadas do Centro.

Um exemplo é a área próxima ao Estádio Municipal ‘Malhadão’, anos atrás, pouco edificada. Com a construção de dois centros educacionais, asfaltamento da nova avenida e com a construção de uma praça, cujas obras estão em andamento, a área tornou-se uma das mais valorizadas da cidade.